Controlar as vendas como MEI é de extrema importância para o seu crescimento no mercado.

Assim como os demais dados do seu negócio, é preciso ter o controle de todos os processos para que tome as decisões mais acertadas. Porém, como MEI, é provável que seja responsável por todas as tarefas sozinho ou conte com a ajuda de, no máximo, um funcionário. Então, com a correria do dia a dia, esse controle pode deixar a desejar.

É por isso que, mesmo os empresários enquadrados como MEI precisam contar com um sistema ERP. Este software pode te ajudar a tornar todos os processos mais fluidos, proporcionando maior autonomia e controle efetivo das vendas. Você só precisa alimentar o sistema com as principais informações, eliminando o retrabalho e mantendo os dados seguros e fidedignos, seguindo todas as leis e normas do mercado.

O uso do sistema ERP para MEI proporciona um ganho de produtividade e uso inteligente do seu tempo. Dessa forma, você pode se concentrar em outras atividades.

Continue a leitura e descubra como controlar as vendas de forma efetiva com um sistema de gestão empresarial para MEI.

 

 

Controle eficiente do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta financeira indispensável para uma boa gestão. Com ela você terá uma visão do presente e do futuro das finanças da sua empresa.

De modo geral, o fluxo de caixa é o controle de todas as movimentações financeiras da empresa, incluindo as “entradas” decorrentes de recebimentos de clientes e demais valores que entram na empresa, tanto no presente como em determinado período futuro; e as “saídas” resultantes dos pagamentos de contas, compras e impostos.

Dessa forma será possível avaliar com maior fundamento a disponibilidade de caixa da empresa e tomar algumas decisões importantes, como a redução de despesas, investimentos, promoções, negociação de prazos e demais medidas para que possam contornar possíveis dificuldades financeiras.

Ter esse controle financeiro é essencial para qualquer negócio. Como MEI, você também precisa ter.

O uso de um sistema ERP melhora o controle e organização desse fluxo financeiro, bem como fornece dados fiéis para a tomada de decisão.

 

 

Otimização da gestão de vendas

Vender e gerar lucro são o objetivo de toda empresa, mas para aproveitar ao máximo o potencial do seu negócio, é preciso uma gestão de vendas efetiva.

Gerenciar as vendas nada mais é do que implementar ações que aprimorem todo o processo da venda, desde a compra de matéria-prima e produção, até a comercialização, precificação, canal de distribuição, divulgação, colaboradores, etc.

A tecnologia é uma grande aliada na tarefa de controlar as vendas e ter processos bem definidos.

Com um ERP, você acompanha todas as etapas do processo comercial, além de ter acesso a indicadores e métricas para mensurar as vendas e os resultados reais que elas estão trazendo para o seu negócio.

 

 

Emissão de boletos bancários

A emissão de boletos é mais uma forma de oferecer diferentes condições de pagamento para seus clientes.

Como MEI você pode emitir boletos de forma rápida com o auxílio de um sistema ERP. Além de imprimi-los, o sistema também já lança esse futuro recebido no controle financeiro e realiza a baixa quando são pagos.

Assim, você ganha mais tempo para se dedicar a outras atividades, além de não perder clientes por não trabalhar com boleto bancário.

 

 

Monitoramento de faturamento

Para se enquadrar como microempreendedor individual há um limite de faturamento anual do MEI que, atualmente, é de R$ 81 mil. O equivalente a um faturamento mensal de R$ 6.750,00.

Para continuar nesse regime tributário e continuar usufruindo dos benefícios de ser MEI não se pode ultrapassar o limite de faturamento estabelecido.

Seja para não perder o direito de continuar no MEI e ter que pagar imposto como outra categoria ou simplesmente para o melhor controle financeiro da empresa, é fundamental controlar o faturamento mensal e anual.

Além de precisar desses valores para a sua declaração anual, monitorar o faturamento permite mensurar os resultados que está tendo com suas vendas.

Com um sistema ERP para MEI você pode visualizar todas as movimentações do seu negócio em tempo real e evitar surpresas desagradáveis.

 

 

Apoio na entrega da declaração DASN-SIMEI

Além das facilidades em relação à legalização, o MEI também tem algumas obrigações fiscais, uma delas é a Declaração Anual do Simples Nacional do Microempreendedor Individual – DASN SIMEI.

Nela, o microempreendedor precisa informar com precisão o montante recebido ao longo do ano anterior.

Quem conta com um sistema ERP tem fácil acesso aos valores precisos que recebeu, para então informar aos órgãos competentes, sem que tenha qualquer problema.

 

 

Melhor gestão de clientes

Não adianta aprender como controlar as vendas de modo efetivo se não tiver clientes, os responsáveis por suas vendas.

Como MEI você não pode descuidar desse relacionamento com o cliente. Pelo contrário, deve estreitar as relações para fidelizá-los.

O sistema ERP fornece as ferramentas necessárias para o melhor controle dos pedidos, vendas, entregas, dados dos clientes e demais informações que podem ser usadas para traçar estratégias individualizadas para conquistar seu público e aprimorar os atendimentos.

 

 

Esses foram só alguns dos benefícios do controle das vendas MEI por meio de um ERP. Unindo uma boa gestão de vendas com a tecnologia, é possível otimizar a produtividade, aumentar as vendas e a satisfação dos clientes, resultando em mais faturamento, crescimento e destaque do seu empreendimento no mercado.

 

 

FONTE: https://www.jornalcontabil.com.br/mei-como-controlar-as-vendas-de-forma-efetiva/